ENXOVAL PARA BEBÊ MEUS “TOP 10”


Quando eu estava grávida vivia em busca de dicas de coisas realmente importantes. Por que o universo dos bebês realmente é gigantesco e a gente precisa de algumas dicas para não ficar perdida. Então resolvi fazer aqui uma lista de 10 itens imprescindíveis pra ajudar vocês:

1. SAQUINHO DE SEMENTES PARA CÓLICA

Que mamãe nunca ouviu falar das cólicas dos bebês? E a gente faz de tudo pra ela passar ou pelo menos para acalmar o coitadinho que chora.

Aqui em casa o saquinho de sementes foi uma mão na roda. Eu mesma fiz. Usei a máquina de costura mas você pode fazer usando cola de tecido ou costurando a mão. Não é tão difícil. Para escolher a semente eu fiquei entre o arroz e a linhaça e optei pela linhaça por que o aquecimento dura mais tempo e não fica com cheiro ruim. Além disso coloquei ervas secas dessas que usamos para chá por que além de ficar um cheirinho gostoso ajuda a acalmar o bebê.

Como fiz: Fiz um forro de retalho de tecido de algodão. Coloquei 200 gr de semente de linhaça,1 colher de sopa de erva doce e 1 colher de sopa de camomila que comprei nessas casas de produtos naturais.

Fiz uma capa bonita como se fosse um travesseiro que dá para tirar pra lavar.

Para usar é simples: 30 ou 40 segundos no micro-ondas e colocar na barriguinha do bebê. Santo remédio!

2. POLTRONA E ALMOFADA DE AMAMENTAÇÃO

MUITO útil. Escolha uma poltrona confortável. Você literalmente vai passar horas nela. No começo o Davi mamava durante uns 40 min a cada 2 horas. Ou seja: eu passava a metade do dia nela.

Quanto à almofada, o Davi está com 7 meses e eu ainda uso. No começo era para apoiar aquela coisinha pequena e ficar na altura certa. Agora uso em outra posição mas ajuda a não pesar tanto meu braço que dói com os 7 kg do meu pecurrucho.

3. CONCHAS PARA SEIO

Eu tinha minhas dúvidas quanto a elas e não ia comprar. Teria cometido um grave erro. Sorte minha que duas amigas mamães me deram as suas que não usavam mais. E 7 meses depois elas ainda me acompanham. No início da amamentação até o seu corpo se adaptar é provável que vaze bastante leite. Então essas conchas ajudam horrores a manter tudo em ordem (pra falar de um jeito bonitinho). E enquanto o bebê mama em um seio o outro “extravasa” na concha e assim é mais difícil empedrar.

4. SACO DE DORMIR

Outro item que eu achava que não ia usar e uso até hoje. No começo ele ficava bem enroladinho por que era inverno. Ele ficava enrolado em capas. Ia um cueiro enrolado como “charuto” e o saco de dormir e ainda um cobertor. Só de pensar dá calor né? Mas o saco de dormir no começo era para o frio, agora que já esquentou um pouco uso só o saco de dormir para ele não ficar descoberto por que ele se mexe muito. E segundo orientação da pediatra não é bom deixar coberta solta por segurança. Eu recomendo o saco de dormir que tem um zíper e se abre todo virando um edredom por que você deixa ele aberto no berço e depois coloca o bebe em cima e só fecha. No começo pode ser que eles se assustem com o barulho do zíper mas depois eles acostumam e adoram ficar aconchegados dentro dele.


5. LUVA DE ALGODÃO

É impressionante como algo tão bobo pode fazer tanta diferença. A unha dos bebês cresce à velocidade da luz e eles têm uma enorme capacidade de se arranhar já que ainda não tem muita coordenação motora. Vale investir em uns 5 pares de luvas de algodão pelo menos. As de lã eu não recomendo por que além da possibilidade de causarem alergia, em pouco tempo eles aprendem a colocar a mão na boca. Então imagine seu bebê comendo fiapinhos de lã...

6. BANHEIRA COM PÉ E TROCADOR

Eu não consigo nem imaginar como seria dar banho sem essa banheira com pé. Quando eu ganhei meu marido achou um trambolho e ficou perguntando onde íamos colocar ela já que não cabia no banheiro. Agora ele também é defensor desse item indispensável na nossa casa. Não tem coluna que aguente ficar envergada para dar banho no bebê. E no começo tem o agravante do pós-parto.

No meu caso não tenho cômoda com trocador então esse item 2 em 1 tem sido muito usado como vocês podem imaginar. Eu ganhei uma banheira usada que estava rasgada então fiz uma capa com o mesmo tecido que usei em alguns detalhes da decoração do quarto. E não é que o trambolho rasgado ficou um charme?

7. SACO DE ROUPA SUJA


Um dia eu estava com um lixeiro desses grandes com escotilha dentro do carrinho do mercado quando o marido me encontrou:

- Para que isso?

- Para as roupas sujas

- E onde você vai colocar?

Eu não tinha resposta rs. Então voltei com o lixeiro para o lugar dele e fiquei pensando onde colocaria as roupinhas sujas do bebê. E inventei um saco de roupa suja que é igual a esses que usam para fraldas no varão só que muito maior e em vez de colocar num varão em cima da cômoda eu coloco pendurado no berço. Mais um item que eu não sabia que ia usar tanto. Ficou diferente, charmoso e muito prático. Fiz dois bolsos pequenos onde coloco a pomada e a escova de cabelo e um grande onde coloco umas fraldinhas pequenas que a gente chama de “tapa-pinto”. São as fraldinhas que a gente usa como escudo protetor quando vai trocar ele por que se não um chafariz de xixi pode nos atingir. Então está tudo à mão e as roupas sujas vão direto para o seu devido lugar.

8. CARRINHO DE BEBÊ

Sinceramente achei que não ia usar muito pelo nosso estilo de vida. Tinha pensado em comprar um simples para usar depois dos 6 meses para passear.

Mas eu estava redondamente enganada. Não sei como consegui imaginar que esse era um item dispensável. Meu carrinho é mil e uma utilidades. Como deita completamente, nos primeiros meses ele servia de cama para o Davi onde quer que a gente fosse. E para minha sorte ele adora o carrinho!

Quando começou a comer papinhas eu corri para comprar a cadeirinha MAS ele ainda não sentava sozinho então a solução foi dar a papinha no carrinho. Quando eu preciso fazer alguma coisa em casa coloco ele no carrinho e vou carregando ele pra lá e pra cá. Quando a gente sai ele fica ali tranquilo dormindo… ou seja: viva o carrinho!

Que modelo escolher??? Ah! Isso seria assunto para um post inteirinho. O mais importante é saber que uso você vai dar ao carrinho e estabelecer uma lista das características que procura. E não adianta ver só pela internet tem que ir às lojas para ver pessoalmente mesmo.

9. NANINHA


Mais um item que eu não me preocupei em comprar. O Davi ganhou 3. E nós usamos as 3 ainda que ele tenha a preferida dele. Uma vez por semana eu lavo por que ela que deveria ser azul clara às vezes começa a ficar cinza por que os bebes acham que tudo é mordedor.

Quando ele era recém-nascido minha mãe passou um tempo com a gente e como eu tive complicações pós-parto (conto depois) ela muitas vezes era quem acalmava ele. Como? Chupeta e naninha. Ela colocava a naninha no rosto dele e abraçava ele bem apertadinho. Ele ia se acalmando e dormia. Com o passar do tempo bastava dar a chupeta e a naninha e ele dormia sozinho no berço ou carrinho. Claro que rolava o colinho mágico da vovó né? Mas a naninha até hoje ajuda.

10. BABÁ ELETRONICA COM VÍDEO

A princípio nos perguntamos se era necessário já que moramos em um apartamento pequeno. Optamos por uma pequena com o vídeo de umas duas polegadas mas ela é excelente. Tem modo noturno, volume, a gente pode falar com ele e dá pra carregar pra lá e pra cá e saber se está tudo bem com ele sem ter que entrar no quarto e correr o risco de acordar o Davi sem necessidade. Além disso aqui em casa não dá pra deixar a porta aberta por que temos uma gata bem curiosa então corríamos o risco de encontrar ela no berço em algum momento. E com a porta fechada não escutamos quase nada por que nossa rua é barulhenta. Então essa telinha de duas polegadas nos ajuda a estar tranquilos e a atender às necessidades dele sem ter que esperar ele berrar para que possamos escutar.

#enxovalbebe #Dicasparaenxovaldebebe #colica #sacodesemente #carrinhodebebê #naninha #sacodedormirparabebe #babaeletronica #mãedeprimeiraviagem

Categorias: