ALMOFADAS DE NATAL PASSO A PASSO




Há dois anos fiz um curso básico de costura — pouco antes de me casar — e comprei um tecido com temas de Natal para inventar algo para minha futura casa. Na época ainda não tinha máquina de costura. Nem experiência nem a menor ideia de como fazer. Então comecei por algo simples: fiz um panô de Natal para minha porta e para dar para meus pais, irmão e avó de lembrança de Natal. Provavelmente ano que vem faço algo mais bonito pra porta mas esse foi meu primeiro trabalho sozinha e só observando a decoração alheia depois que fiz o curso básico de costura. Então está valendo.

Esse ano resolvi fazer almofadas com os anjos que sobraram e esse foi o resultado.

Primeiro eu fiz um projeto. Depois cortei o tecido e montei. Por último costurei. Para quem é iniciante ou amadora como eu mas gosta de fazer coisas bonitas para decorar e sem gastar muito aí vai o passo a passo que segui. Não sei se é assim que fazem os profissionais. Nunca fiz curso de patchwork mas analisei as almofadas do quarto do meu filho, olhei uns modelos na internet e aí está o resultado. Sinceramente eu deveria ter feito um pouco maior. Teria ficado mais bonito. Mas mesmo assim o objetivo está cumprido: Uma decoração de Natal feita por mim. O meu objetivo é cada ano fazer uma coisa para ir incrementando. 1o. Passo: FAZER O PROJETO

Logo assim que comecei a costurar eu queria sair fazendo tudo sem projeto. Achava uma perda de tempo. Até entender na prática - e depois de perder muito tempo, linha, tecido e, sobretudo, paciência - que é justo o contrário. Um projeto bem feito poupa tempo e otimiza material. Procurei imagens na internet, desenhei como eu queria, escrevi as medidas de cada tecido que ia usar. Desenhei, apaguei, risquei, até decidir como eu realmente queria. 2o. Passo: MARCAR E CORTAR O TECIDO É importante marcar e cortar certinho. Eu calculei até em que posição cortar assim quase não sobrou nada sem ser usado.


Eu já usei giz de costura e detestei. Uso lápis normal. 3o. Passo: marcar com alfinete:



Depois de marcado alfinetar o tecido onde vai ficar para dar mais firmeza na hora de costurar. Tem gente que alinhava. Com certeza fica ainda mais certeiro sobretudo para quem está começando. Mas eu admito que só alinhavei durante o curso por que não tenho paciência e vi que se alfinetar direitinho com todos os alfinetes há uns 3 cm de distância da margem do tecido em linha reta e com a cabeça virada pra mim eu consigo costurar até o final muitas vezes sem tirar eles. E se precisar eu tiro com facilidade.

4o. Passo: Costurar os lados menores


Nesse caso na primeira etapa eu acompanhei a própria linha da figura que só completei com a marcação. . Costurei primeiro os lados menores e depois os maiores para não ter erro.

5o passo: Costurar os lados maiores em cima da marcação à lápis

Depois de costurar a parte menor o conjunto vai ficar exatamente do tamanho das tiras maiores. Então é só marcar certinho à lápis e costurar.


Marcar à lapis onde será costurado a faixa maior

Ajuda passar o ferro para ficar bem reto e já deixar a costura anterior para o lado que você vai costurar por cima. Nesse caso eu dobrei a costura para dentro que era mais escuro. Depois de feito o quadrado amarelo passei o ferro pelos dois lados.


Depois a gente repete o processo com o quadrado de fora:

marca direitinho com o lápis


Marcar à lapis onde será costurado a faixa maior

Alfineta para não mexer na hora de costurar


Alfineta para não mexer na hora de costurar

Costura a parte menor e depois a maior


Costura a faixa menor depois a maior

Passa o ferro


6o. Parte de trás

A parte de trás eu fiz como travesseiro. Cortei duas partes de maneira que fiquem transpassadas uns 10 cm. Dá para colocar zíper, botão ou até amarrar com uma fitinha. Como é uma almofada decorativa que vou usar durante uns dois meses no ano só, não me dei ao trabalho de fazer com zíper. Mas quero colocar uns dois botões de pressão que ainda não tive tempo de colocar.

Essa é a parte mais fácil:

Passar o tecido



Marcar com ferro a parte do acabamento:

Aqui eu uso um macete que encontrei por aí na internet. Com um papel duro você marca uma margem de 1 e de 2 cm. Depois em vez de ter que marcar as margens a lápis no tecido você só dobra o tecido certinho por cima da margem e passa. Muito mais rápido. Eu usei a parte de