Que Bombinha de Leite Escolher???

Atualizado: 27 de mar. de 2019


Entre as muitas coisas que a gente precisa escolher sem ter a menor ideia de por onde começar está uma bombinha de leite. Eu ouvi gente dizer que não precisava então eu não tinha comprado nenhuma. Ainda bem que ganhei! Se eu posso te dar uma dica é: tenha uma! Pode ajudar demais! Vou te contar como foi minha experiência:

Quando eu estava na maternidade e meu leite "desceu" foi o ó. Meu peito ficou vermelho, duro e dolorido. Aí veio a enfermeira do banco de leite. Ela disse que meu problema era que eu tinha leite para dois e que ia me ajudar a tirar manualmente e ensinar a fazer compressas para aliviar a dor e "desempedrar". Graças a isso eu já saí da maternidade com uns frascos para a doação de leite o que me deixou bem feliz. Minha experiência de doação de leite já contei aqui pra vocês.

Ela também trouxe uma bombinha da Lillo para tirar o leite. E essa foi a primeira que eu testei. E ODIEI. Talvez tenha sido por que foi a primeira experiência e foi a própria enfermeira que puxou mas achei que machucava o seio e doeu bastante. O modelo dela não contribui muito por ser uma espécie de seringa gigante. Fica mais difícil calcular a "força da sucção" digamos. Li alguns posts sobre ela também e nenhum foi positivo.


Depois já em casa voltei a ter o mesmo problema e usei uma bombinha simples que ganhei de uma amiga - me salvou, sério!. Achei ela excelente. Tirava bastante leite, era fácil de usar, dava para medir a força e era fácil de higienizar. Mas tem uma desvantagem: depois de um tempo tirando leite você fica com as mãos doendo de tanto apertar aquela pera. Além disso você precisa ficar esvaziando ela toda hora no pote e às vezes vaza e suja um pouco - ou um muito. Eu ficava com a mão toda melada.

Não é muito prática nesse sentido mas ela me ajudava bastante a aliviar a dor do seio ingurgitado e até a encher uns potinhos para doar leite. Eu usei essa bombinha por uns 6 meses.


Aí o Davi ia começar a ir para a creche e eu tentei introduzir a fórmula na alimentação dele para que dessem para ele na mamadeira quando eu estivesse no trabalho. E foi um Deus-nos-acuda. A médica indicou dois leites: o de soja ou o Aptamil Pepti já que ele tem alergia à proteína do leite. A gente comprou o de soja e foi um erro enooorme. Descobrimos que ele tem alergia à soja também. Uma semana de diarreia. Muitas assaduras e muito sentimento de culpa da mamãe. Depois a gastropediatra me disse que soja é altamente alergênica e que a pediatra nem deveria ter dado essa opção até por que agora ficou difícil saber se a alergia era só à soja ou ao leite também.

Então eu preferi a opção segura: tirar leite e mandar todos os dias para a creche. Para isso eu precisava de uma boa bombinha e fui procurar uma elétrica. Me indicaram a Medela Swing mas ela estava bem acima do que eu pretendia pagar já que custava em média R$ 1500,00. Então eu resolvi me arriscar na G-Tech.


Ela é uma bombinha simples. Tem mais ou menos o mesmo efeito da de pera com a diferença que é mais fácil já que você não precisa ficar apertando, mais prática já que o leite vai direto para a mamadeirinha e muito mais rápida que a manual. Ela já vem com uma mamadeira. Depois comprei outras 3 que também serviam de potes de armazenamento para congelar. Além disso vem com um adaptador para mamadeiras maiores. Esse eu testei com a minha e não deu certo mas pode ter sido pelo modelo da minha mamadeira.

Eu me dei muito bem com ela. Ela me salvou de muitos apuros e garantiu alguns meses a mais de leite materno para o Davi. Mas eu tenho algumas amigas que não se deram bem com a G-Tech.


Acho que a bombinha é algo muito pessoal mesmo. Uma amiga me disse que acertar na primeira bomba de leite elétrica era como acertar na Mega Sena. Que era melhor tentar alugar primeiro para testar ou pegar emprestado. Mas eu não tinha a quem pedir e procurei por aqui e não encontrei nenhum lugar que alugasse então eu me arrisquei mesmo. E tive sorte por que me dei muito bem com ela. Eu queria ter essa sorte jogando na loteria!

Essa é minha experiência. Pelo que me falaram a Medela é excelente mas eu não posso dizer por que não experimentei. De qualquer maneira a G-Tech, no meu caso, foi perfeita. Mas a única maneira de você saber qual vai ser boa para você é testando mesmo.

A minha eu comprei de segunda mão no OLX. De uma pessoa que praticamente não usou. Então nem saiu tão cara. Vale a pena você pesquisar. E se tiver com quem pegar emprestada para testar diferentes modelos é melhor ainda.


Categorias: