Babá Eletrônica é mesmo indispensável?

Atualizado: 29 de jan. de 2020

Quando estamos fazendo o enxoval esse é um ítem com o qual nos deparamos. Será que precisamos mesmo dele?

Foi um questionamento que fizemos por aqui já que nosso apartamento é muito pequeno.

Mas preciso dizer para vocês que eu não sei como teria sido sem ela!

Eu tenho essa babá eletrônica desde que o Davi nasceu. E para mim é essencial ter esse ítem em casa. Sobretudo se você decidiu que vai deixar seu bebê no quartinho dele e não no seu.

No começo ela ficava pendurada no bercinho do Davi e eu podia ver cada movimento dele e o rostinho. Eu deixava ligada e - sempre que necessário - eu podia ir até ele.

Nos primeiros meses o bebê passa muito tempo no berço. Então ela me acompanhava pela casa e eu ficava de olho no meu pequeno.

Quando o Davi ficou maiorzinho tivemos que tirar a câmera do berço e colocamos sobre uma prateleira. Não dá para ver tão nitidamente, mas ainda nos ajuda a saber o que ele anda aprontando no quarto, se está na cama, se está dormindo ou perambulando por aí.

Hoje ela é menos usada mas ainda é uma mão na roda - ele está com 3 anos. Por que nós o colocamos para dormir e vigiamos através dela se já pegou no sono.

Enquanto esperamos o Davi dormir ficamos no nosso quarto deitados lendo um e-book ou fazendo algo no celular. Depois que ele dorme a vida volta ao normal. Podemos acender luzes, fazer barulho, ver TV,... que ele fica no quartinho dele. E sem essa companheirinha não daria para ter certeza que ele está dormindo que que podemos sair da toca para jantar e ter nosso momento a dois.

Então sim! Para mim foi um ítem importante e necessário.

E você? Usou babá eletrônica ou conseguiu se virar sem ela?

#babáeletronica #produtosparabebês #enxovalparabebê #mamãedeprimeiraviagem #dicasparamamães #sonodobebê #bebê #maternidade #viverpravaler

Categorias: