O Meu Melhor é tão Pouco... Mas é meu TUDO


O meu melhor é tão pouco...

Mas é meu TUDO.





Essa foi minha conclusão de hoje na meditação da manhã.


Estou exatamente na situação que queria estar há 4 anos desde que o Davi nasceu: em casa com ele 24 horas por dia, fazendo homeoffice. Teoricamente podendo cuidar dele e da minha casa.


MAS não consigo fazer TUDO o que eu gostaria.


Não consigo por que estou grávida e tenho estado muito cansada.

Não consigo por que a tendinite das mãos voltou então não aguento fazer muitos serviços da casa.

Não consigo por que minha pressão baixa e tenho que parar tudo o que estou fazendo nos momentos mais inoportunos.

Não consigo por que às vezes bate um sono e um cansaço que me deixam burra...


Sei que estou fazendo meu melhor mas sinto que é tão pouco!


No meu mundo ideal eu acordaria cedo e minha casa ficaria um brinco antes das 10 da manhã.

No meu mundo ideal eu teria no mínimo 2 horas por dia para dedicar exclusivamente a meu filho.

No meu mundo ideal eu faria exercícios diariamente, estaria sempre disposta e feliz.

No meu mundo ideal...




E no evangelho de hoje Jesus disse "Ninguém tem maior amor do que aquele que DÁ A VIDA por seus amigos". E aí eu percebo que não preciso viver meu mundo ideal para AMAR e DAR A VIDA por meu marido e meu filho.


Por que eu estou dando meu TUDO. Meu MELHOR. Ainda que meu melhor seja tão pouco.


"No entardecer da vida seremos julgados pelo amor"




🏷

#maternidade #maternidadereal

#mamaeorganizada #mamãeprática #maeeducadora #mãequeeduca #viverpravaler

Categorias: